Mundo Kids: você já ouviu falar dos brinquedos de jardim?

Playground é uma palavra inglesa muito utilizada no Brasil, para nomear parques com brinquedos. Ao pé da letra, significa “Pátio de Divertimento”, mas é conhecido como “Parque infantil” e “brinquedos de jardim” e pode ser colocado em praças, escolas, áreas públicas de condomínios, shoppings e até restaurantes.

Os primeiros brinquedos para playground surgiram em Boston, na década de 80. Uma jornalista notou que, as construções e prédios cresciam cada dia mais, porém, as crianças não tinham um espaço aberto para brincar em segurança, nem mesmo dentro das escolas.

Então, em 1889 foi aberto o primeiro espaço para crianças: uma pista de corrida com espaço para jogos, dedicada aos garotos. Após dois anos, a área também recebeu um espaço próprio para meninas e crianças pequenas, e em pouco tempo, a cidade contava com vários parques infantis internos e externos.

Existem diferentes tipos de brinquedos para parquinho e os mais famosos entre as crianças são os balanços, escorregadores, gangorras e “trepa-trepas”.

Os parques podem influenciar positivamente no desenvolvimento das crianças

As áreas de recreação oferecem muito mais além de diversão para os pequenos, pois ajudam as crianças a enfrentarem desafios e seus medos durante as brincadeiras. Temos como exemplo, os brinquedos que envolvem uma certa altura, pois podem despertar um certo temor mas, ao serem enfrentados, diminuem as chances de a criança desenvolver algum trauma ou fobia de altura durante a adolescência e vida adulta.

Psicólogos infantis apontam que um playground interno em condomínios ou escola, ajudam as crianças a se desenvolverem socialmente e fazerem amizades, porque além de brincarem com os demais com frequência, elas aprendem a se organizar para usar o espaço e dividir os brinquedos.

Quais modelos escolher?

Uma dúvida que surge com muita frequência, é sobre quais brinquedos comprar e quais os materiais dos mesmos. Hoje, é possível encontrar uma certa diversidade, nos materiais de produção dos brinquedos para os pequenos, mas cada um possui seus pontos positivos e negativos sobre a utilização.

  • Os brinquedos playground ferro são a opção popularmente mais conhecida, famosos por serem a alternativa mais antiga disponível, eles fizeram parte da infância de muitos adultos.

As vantagens deste tipo de brinquedo são que, os mesmos são muito resistentes e desde que seja feita uma manutenção regularmente, possui uma vida útil bem longa.

Entre as desvantagens, a manutenção dos mesmos envolve tintas e conservantes, que podem apresentar toxidade se ficarem muito expostos ao Sol, absorvendo calor e podem causar queimaduras.

Em relação à manutenção, deve ser feita uma vistoria cuidadosa pois, os brinquedos não podem apresentar ferrugem, então, também deve-se tomar cuidados com a umidade;

  • Já os brinquedos playground madeira, são resistentes e possuem uma vida útil maior. O material não esquenta ao ser exposto ao calor e também é feita de madeira de reflorestamento, tornando-se uma opção totalmente ecológica. Os brinquedos de madeira tratada, não apodrecem com facilidade e podem receber os mais diversos tipos de acabamento, se ajustando ao ambiente com facilidade e permitindo uma decoração mais bonita e variada;
  • Também existem diversos tipos de brinquedos usados para chácara, que podem ser de madeira, ferro e plástico. Os brinquedos para chácara, oferecem um contato maior dos pequenos com a natureza e animais, como pássaros, formigas e até mesmo tatu-bolinhas. Esse contato, ajuda no desenvolvimento das crianças e aumenta o entendimento das mesmas, sobre diferenças de moradias – ao descobrir, por exemplo, um ninho de passarinho –, comportamento e alimentação – ao ver formigas andando juntas com seu estoque para o inverno;
  • O contato com a natureza não precisa ser feito somente em sítios e chácaras. Para isso, também é possível encontrar brinquedos de jardim, inclusive, brinquedos de jardim usados que, por possuírem um preço menor, tornam-se mais acessíveis para algumas pessoas.

Ao ter um playground no jardim de um condomínio, por exemplo, também é possível estimular a convivência das crianças umas com as outras, e promover um entendimento de trabalho conjunto e sociedade.

O espaço beneficia crianças e adultos!

Brincar também é um passo importante no desenvolvimento de uma criança, pois ajuda no desenvolvimento social, físico, cultural e até emocional.

A inclusão de brincadeiras em aulas é fundamental para o progresso estudantil, tornando-se cada vez mais comum na maioria das escolas. Professores ensinam a seguir regras, se expressar e conviver em sociedade, através de aulas cada vez mais dinâmicas.

Para que as mesmas não sejam canceladas com um temporal, as escolas vêm adotando diversos materiais para compor um playground interno, que possa ser melhor aproveitado pela garotada e professores.