Fornecimento de equipamentos de segurança é prioridade

A vida de um trabalhador é o fator mais importante a ser preservado em um ambiente de trabalho. Todos os cuidados devem ser tomados, como o fornecimento de equipamentos de proteção individual e a indicação, por meio de placas de sinalização, sobre os riscos nas áreas de perigo e a possibilidade ou não do acesso das pessoas em determinados ambientes.

A operação de máquinas também deve ser realizada por profissionais devidamente treinados, para evitar qualquer tipo de acidente, caso seja conduzida de forma errada.

Até mesmo os veículos de transporte devem ser dirigidos por pessoas com a habilitação que corresponda à categoria.

Palestras ajudam na segurança do trabalho

Nesse cenário, a contratação de uma empresa de consultoria em segurança do trabalho pode ser realizada no início dos projetos, para que todo o andamento seja realizado de acordo com as leis trabalhistas e normas regulamentadas pelos sindicatos representativos do trabalhador.

Assim, oferecer palestras informativas, mostrando exemplos dos perigos que os funcionários correm, caso não usem os devidos equipamentos, também ajuda bastante para espalhar as regras a que todos estão submetidos.

A empresa contratante deve se responsabilizar na entrega de todos os equipamentos de segurança para os funcionários, e obrigar o uso em todos os momentos de trabalho.

Afinal, isso salvaguarda a saúde dos trabalhadores, com também a empresa em relação a processos trabalhistas que possam a vir ocorrer, caso ocorra qualquer tipo de acidente dentro da empresa.

Os profissionais que prestam a assessoria neste setor, podem ser os responsáveis pela verificação do uso dos equipamentos, podendo até mesmo aplicar advertências e suspensões, caso o funcionário se negue a utilizar os materiais oferecidos para a própria segurança.

É possível evitar acidentes com a visão, em casos que o trabalhador utiliza oculos de proteção, principalmente aqueles que trabalham na área de soldagem, serralheria e eletricidade.

Faíscas e limalhas costumam voar, podendo atingir os olhos, e causar até mesmo cegueira no indivíduo. Por isso, os óculos de proteção são um dos principais equipamentos de proteção individual que é fornecido para o trabalhador, logo após a contratação.

As roupas utilizadas nas áreas de trabalho também devem seguir as regras de segurança do trabalho. Não importa se é em um canteiro de obras, ou na construção de uma estrada.

Até mesmo aqueles que trabalham em ambientes controlados, como clínicas médicas, devem utilizar uniformes profissionais preços que protegem contra diversos agentes que podem causar qualquer tipo de acidente.

Nos casos de clínicas médicas e laboratórios farmacêuticos, o uso de luvas e máscaras é essencial, pois protegem contra vírus e bactérias que são invisíveis e podem ser transmitidos pelo ar.

As empresas que precisam fornecer todos os equipamentos de segurança para seus empregados podem encontrar na compra direta uma forma de economizar, sem dispensar a qualidade do itens que fazem parte de um pacote completo.

A fabrica de capacetes de segurança pode vender de forma direta, por meio de representantes comerciais, os materiais para uma empreendedora de imóveis, por exemplo, não só o capacete, mas as botas e óculos de segurança, com um custo muito mais baixo do que o praticado pelo mercado.

Benefícios para ambas as partes

Muitos benefícios podem ser destacados pelas empresas que tomam todo o cuidado na contratação de mão de obra especializada e em equipamentos de segurança individual, que é disponibilizada para os trabalhadores.

O investimento em segurança no trabalho mostra que o funcionário é valorizado pela empresa e oferece todas as alternativas possíveis para que acidentes sejam evitados. Além disso, é possível destacar:

  • Organização do ambiente de trabalho;
  • Ferramentas utilizadas de forma correta;
  • Respeito entre patrão e empregado;
  • Produção mais eficiente e com segurança.

A prevenção de acidentes pode ser feita por meio dos próprios trabalhadores, com a formação de uma comissão especial.

As empresas devem disponibilizar uma equipe multidisciplinar, para que o atendimento ao trabalhador seja realizado de pronto atendimento, quando necessário.

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) define as leis que devem ser seguidas em conjunto com as normas regulatórias que são definidas pela equipe de segurança do trabalho. As regulamentações indicadas pela organização Internacional do Trabalho (OIT) também são seguidas pelos trabalhadores brasileiros.

Todas estas regras, unidas, sempre indicam que a segurança do funcionário é uma prioridade principal da empresas e, por isso, deve ser seguida à risca.