Principais etapas e dicas para iniciar um novo negócio

Muitos empreendedores sonham com o momento de conquistar um espaço próprio para a sua atividade, ampliando e aperfeiçoando os atendimentos ao público. Nessa fase inicial, é preciso o máximo de cautela e informação possível, garantindo boas decisões.

Afinal, esse é o momento de lançar um projeto, definindo um plano de negócios para o empreendimento, escolhendo um local de atuação, equipando-o da melhor forma possível e investindo na divulgação do negócio.

Plano de negócios

O plano de negócios é de extrema importância para os empreendedores, porque possibilita uma visão mais ampla da empresa e do mercado em que ela está inserida. Desta forma, é possível ser um gestor mais objetivo.

Inicialmente, é preciso definir os serviços que serão oferecidos. Um atelier alta moda pode ofertar roupas sob medida, modelos exclusivos ou reparos, por exemplo.

O plano deve detalhar também os recursos financeiros e humanos envolvidos no empreendimento.

O planejamento segue com as questões envolvendo os equipamentos necessários, pagamentos de funcionários, fornecedores e maquinário, entre outras questões administrativas.

O público-alvo do empreendimento e os principais concorrentes de mercado devem ser estudados. Portanto, para resumir, os principais aspectos envolvendo o plano de negócio são:

  • O que é o negócio, qual é o seu produto ou serviço;
  • Quem serão os principais clientes da empresa;
  • Onde a empresa será localizada:
  • Qual será o montante do capital a ser investido no empreendimento;
  • Qual é a estimativa de faturamento mensal da empresa;
  • Em quanto tempo se espera o retorno do capital investido.

Local de trabalho

Um dos fatores que mais interferem no faturamento de um negócio é o local escolhido para ele. Desse modo, na hora de escolher escritorios para alugar, o mais recomendado é realizar um estudo focado no público-alvo, definindo renda e hábitos de consumo das pessoas que se pretende atingir.

Além disso, é preciso atentar-se às muitas possibilidades de contrato, dependendo das características e da maturidade do negócio.

O aluguel de um escritório é recomendado para profissionais que já tenham conquistado certa autonomia, com condições de manter o espaço. Outras opções, mais baratas, são o aluguel de escritorio compartilhado ou a locação de sala por hora.

Escritório compartilhado

Os escritórios compartilhados representam uma solução para diversos problemas em relação ao espaço físico disponível para os profissionais. Dentre as vantagens, é possível citar:

  • Uma estrutura completa à disposição, com internet;
  • Favorece o networking entre os profissionais, aumentando chances de parcerias;
  • Ambiente propício para o trabalho, aumentando a produtividade e a qualidade;
  • Transmite uma imagem diferenciada para os clientes;
  • Contratos com grande possibilidade de versatilidade.

Além de todos os benefícios, os custos de trabalhar em um espaço coletivo são bem menores, tornando o negócio mais barato.

Aluguel de espaço por hora

Similarmente, o aluguel de sala por hora possibilita a economia, uma vez que o espaço é utilizado apenas quando o profissional considera necessário, sem a necessidade de um grande investimento inicial.

Dessa forma, dispensa preocupações e gastos com manutenções, além de enfrentar muito menos burocracia no acesso ao espaço.

Agendar a reserva de uma sala pode ser simples, com sistemas online, pelo computador ou celular. Sem custos fixos com o espaço para atendimento, o profissional pode ter um bom faturamento mesmo no início da carreira.

Estrutura e equipamentos necessários para o negócio

Cada empreendimento envolve uma série de equipamentos e utensílios para funcionar e oferecer os produtos ou serviços aos clientes.

Segundo o exemplo do atelier de costura, dado no início do artigo, para abrir um negócio de médio ou grande porte a estrutura necessária pode variar bastante.

Nesse caso, é preciso uma série de máquinas de costura industriais, de diversos tipos, e utensílios como espelhos, araras, provadores, manequins, entre outros itens de costura e mostruário de produtos.

Alguns móveis também são utilizados para a atividades gerais e de atendimento, como mesas, poltronas, itens de escritório e caixa.

Destaca-se assim a importância da automação comercial, principalmente nos casos em que os empreendimentos envolvem a venda de produtos.

Os sistemas e equipamentos dão suporte operacional durante o atendimento ao cliente, tornando-o mais rápido e diminuindo a margem de erros.

Divulgação e tendências

Por fim, depois de elaborar um plano de negócios, definir o local da empresa e estruturar o local com os equipamentos, a divulgação do empreendimento é fundamental.

O meio de divulgação mais adequado vai variar de acordo com o produto oferecido, público-alvo, localização e disponibilidade de investimento. Porém a contratação de uma agência de promotores é recomendada.

Ao manter-se bem informado, seguindo as tendências da área de atuação do negócio e com dedicação e atenção, as chances de sucesso no empreendimento são cada vez maiores.