Quais elementos podem melhorar uma loja?

Com a competitividade de mercado cada vez mais aflorada, qualquer pequena diferença entre uma loja e outra pode ser a chave para atrair mais clientes.

A preocupação de comerciantes nos últimos tempos têm mudado, assim como os clientes, que na maioria das vezes compram mais por emoção do que por necessidade.

Sendo assim, esse artigo tem como objetivo abordar alguns pontos cruciais que podem aumentar o desempenho de uma loja, com foco em trazer uma segurança maior para o cliente.

Por meio de detalhes de acessos, iremos destrinchar um pouco o campo do sistema de câmeras de segurança, a opção mais utilizada em comércios até a utilização correta de fachadas.

Segurança: estruturas que fazem a diferença

As opções no mercado são muitas, desde alarmes até empresas de segurança privada, saber qual é a melhor para algum negócio específico pode ser uma tarefa difícil. Para isso vamos tratar de alguns quesitos de melhorias físicas que podem fazer a diferença.

Portas

O mais seguro é sempre optar por acessos automáticos, que podem ser manuseados de longe ou, até mesmo, remotamente.

Uma opção muito usual em pequenos estabelecimentos, por exemplo, é a porta de aço. Que apresenta uma resistência muito grande em caso de tentativas de arrombamento, o material é extremamente forte e pesado, dependendo das especificações pode aguentar até explosões.

Uma opção um pouco mais moderna mas não menos segura, recomendada para lojas de shoppings ou com espaço físico maior, é a porta de enrolar, podendo ser adquirida em modelo automático para facilitar o controle. Em caso de interesse, saiba que a porta de enrolar automatica preço é acessível e compatível com o mercado

Sistemas elétricos

Há algum tempo se tornou muito viável – principalmente economicamente – ter sistemas para realizar o controle da segurança e de acesso aos locais.

Por causa de um avanço gradual do mercado tecnológico junto com o de segurança, é possível contar com uma gama extremamente grande de sistema de segurança, como:

  • Sistema de controle remoto pelo celular;

  • Sistema de bloqueio de portas;

  • Sistema de alarme;

  • Sistema de aviso à polícia;

  • Entre outros.

Uma opção que anda ganhando bastante mercado é a que possui o controle remoto do sistema por Smartphone, já que permite visualizar câmeras e ativar ou desativar alarmes com eficiência pelos dados móveis – isso graças também ao serviço de internet móvel que tem melhorado gradualmente.

Central de monitoramento

É o nome dado ao local onde essas informações são analisadas, no caso de lojas isso geralmente é feito pelo gerente ou mesmo o dono.

Em alguns casos existe a CFTV (Circuito Fechado de Televisão), que é onde as imagens são armazenadas e captadas, podendo ou não ser assistidas ao vivo, em alguns casos com armazenamento em nuvem (em algum servidor externo ficando disponível por meio de login e senha).

Não existe local onde a  segurança eletronica  não possa ser usada, é indicada para todos os tipos de lojas, principalmente as de rua ou de bairro onde tem uma frequência maior de clientes com acesso a parte interna.

Fachadas, o rosto da loja

Saindo agora um pouco do quesito segurança e entrando na questão estética, a fachada da loja é o atrativo principal para o seu cliente, então vão algumas dicas: uma fachada necessita ser limpa e direta, é preciso harmonizar a fachada com o interior da loja, para criar uma boa identidade visual e saia da caixinha.

Olhe os seus concorrentes em volta, faça algo diferente e inovador, mas que apresente o que sua loja vende logo de cara.

O material mais recomendado para esse tipo de material é ACM (Aluminum Composite Material – Material Composto De Alumínio), pela relação custo-benefício e a fácil manutenção.

É possível consultar as placas de acm para fachadas preço e identificar uma variedade de formas e modelos, os valores dessa placa são acessíveis.

Os elementos que são possíveis mudar em uma loja dependem muito da estrutura física e do público-alvo, é preciso uma análise minuciosa de pequenos detalhes para fazer as alterações necessárias sem prejudicar o estilo da loja, garantindo a personalidade e originalidade.

Em alguns casos é recomendável consultar algum especialista – ou uma empresa – para reformular a identidade visual e elementos-chave para melhorar o desempenho do local.