Victoria’s Secrets aposenta as Angels, saiba por que!

Quem não conhece as Angels da Victoria’s Secrets, não é mesmo? Muitos são os grandes nomes que já desfilaram pela marca, como Gisele Bündchen, Tyra Banks, Heide Klum, entre tantas outras. 

Mas por qual razão a empresa decidiu aposentar essas super modelos? Veja a seguir.

Angel é uma das linhas de lingerie da Victoria Secrets. Seu lançamento aconteceu em 1997 numa campanha com várias super modelos. 

A partir daí, a palavra Angel começou a ser utilizada para referenciar as modelos da marca, que são o símbolo da delicadeza e da sensualidade, juntas.

Vale lembrar que muito mais que um desfile, com o passar dos anos, a empresa começou a produzir espetáculos que eram muito aguardados por todos. A marca é tão reconhecida no mercado, que só nos EUA possui mais de mil lojas.

Por que aposentar as Angels?

Apesar do grande sucesso das Angels, durante muitos anos e em todos os desfiles, não se pode negar que as coisas no mundo da publicidade e as marcas estão se transformando. 

Isso porque, cada vez mais, o público espera ver diversidade nas propagandas das empresas e buscam por essa representatividade.

Com a Victoria’s Secrets não podia ser diferente. Toda mudança, existe uma estratégia de marketing nos bastidores e por isso a grife o fará. 

No intuito de diminuir o estereótipo dos corpos até então considerados padrão pela sociedade, ou mesmo para minimizar o machismo, a marca optou em aposentar as Angels.

Agora, a empresa contará com um comitê de mulheres com o objetivo de promover mais diversidade à marca, não apenas no tocante a Lingerie mas aos cosméticos que a franquia produz. 

Além disso, elas serão as responsáveis em criar as estratégias de publicidade e marketing da empresa, promovendo a inclusão.

Outra motivação da mudança foi o fato de a marca ser apontada por muitos anos como uma empresa que mantém uma cultura corporativa tóxica, misógina, entre outras atitudes que não são mais aceitas no contexto atual.

Após uma publicação em 2020, no The New York Times, a empresa chegou a ser investigada pelas acusações citadas anteriormente, além de condutas sexuais inadequadas, tendo como principal alvo da investigação o diretor e o Ex Ceo da marca.

Novas Integrantes do Comitê Victoria’s Secrets

A princípio, são sete integrantes nomeadas para o Comitê da empresa: Megan Rapinoe (futebol feminino), a atriz Priyanka Chopra, a jornalista Amanda de Cadenet, a modelo plus size Paloma Elsesser e a modelo trans Valentina Sampaio.

Essas mulheres prometem um relacionamento mais profundo entre a marca e as clientes, além de parcerias e maior notoriedade à causa numa tentativa de reforçar a marca e como revender Victoria’s Secrets.

A primeira ação do Comitê chama-se VS Collective. Nesse projeto, as mulheres participantes do Comitê da marca irão contar suas histórias em podcasts. 

E as novidades não param por aí, já foi anunciado um fundo anual de US $5 milhões para o auxílio e tratamento de câncer, buscando sua cura e para financiar mulheres que são cientistas.

Assim, a empresa busca melhorar a sua imagem e deixar os padrões de beleza considerados excludentes para trás.

E aí? Você gostou das novidades anunciadas pela marca? Conta aqui para a gente nos comentários, vamos adorar saber!