5 dicas para se relacionar bem com seus clientes

Fidelizar clientes não é uma estratégia de luxo, na qual apenas empresas com ampla folga no orçamento devem investir. O estudioso Philip Kotler, conhecido como pai do marketing, já dizia: manter a clientela existente custa de cinco a sete vezes menos do que conquistar um novo público.

Consequentemente, ações nesse sentido tendem a tornar uma empresa mais competitiva. Entretanto, nem todos os empreendedores sabem elaborar estrategias para fidelizar clientespois muitos alegam desconhecer os princípios básicos de uma boa relação com o público.

A boa notícia é que isso é mais simples e, com custo inferior do que boa parte dos proprietários de estabelecimentos comerciais costumam imaginar.

Quer entender como garantir a fidelização seus clientes? Então continue lendo e confira algumas dicas para melhorar e manter o relacionamento com eles.

Seja empático

Ser empatico é extremamente necessário para a nossa vida cotidiana. Afinal de contas, ninguém gosta de se relacionar com uma pessoa que se apega ao seu ponto de vista e não faz nenhum esforço para se colocar na posição dos demais.

Por conta disso, é óbvio que este traço é essencial para que um cliente simpatize com uma marca – e, consequentemente, esteja disposto a criar e estabelecer um relacionamento com ela.

Porém, também é essencial que a empatia não seja apenas da boca para fora. Tanto os proprietários quanto os funcionários do negócio devem realmente se esforçar para ver as coisas sob o ponto de vista do cliente.

Deste modo, eles criarão soluções para melhor atender a suas necessidades. Tudo isso contribui para que uma pessoa compre de seu estabelecimento repetidas vezes.

Mantenha canais de relacionamento ativos

Pode parecer óbvio demais, mas para que haja um relacionamento entre empresa e cliente, é fundamental que exista um canal pelo qual ambos possam trocar informações.

Se na teoria isso é simples, na prática, essa tarefa se torna muito mais complexa. Afinal, a logística da central de atendimento é difícil de se coordenar.

É preciso contar com pessoal qualificado sempre disponível. Uma estrutura de TI que viabilize os atendimentos e garanta a redução do tempo de espera para que o cliente possa contatar um funcionário, é essencial.

Hoje, pode-se dizer que o esforço vale a pena, pois muitas pessoas desistem de contratar um produto ou serviço por conta da má qualidade do atendimento oferecido pela marca. Consequentemente, quem se destaca tem muito mais potencial para fidelizar o público.

Marque presença nas redes sociais

Apesar de centrais telefônicas e SACs via e-mail ainda serem opções interessantes para o contato entre clientes e empresas, o advento das redes sociais criou muito mais opções para fazer essa ponte. Entre elas, estão:

  • WhatsApp (principalmente a versão corporativa);

  • Facebook Messenger;

  • Chatbots;

  • Centrais de atendimento via chat no site da empresa.

A grande vantagem desses canais é que eles têm um custo de manutenção muito mais baixo do que os tradicionais. Além disso, eles são mais intuitivos e não exigem que o cliente fique preso ao telefone, o que tende a aumentar sua satisfação – e, consequentemente, melhorar o relacionamento com a marca.

Seja sempre honesto

O objetivo de uma empresa é sempre arrecadar dinheiro. Isso, por sua vez, acontece por meio de um produto ou serviço de qualidade, que seja ao mesmo tempo rentável e atraente para o público consumidor.

Porém, não é possível agradar a todos: por mais que o que a empresa ofereça boa qualidade, a mercadoria nem sempre se adaptará aos desejos e necessidades de um certo perfil consumidor.

Por conta disso, recomenda-se que a empresa engaje-se em conquistar quem realmente combina com o seu perfil. O problema é que, no caso de certos estabelecimentos, a equipe prefere mentir, ou mesmo ocultar certos detalhes a respeito do produto ou serviço oferecido, apenas com o objetivo de vender.

Contudo, isso não deve acontecer em nenhuma circunstância, pois não vai demorar para que o cliente descubra a mentira. E, quando isso acontecer, o relacionamento com a marca ficará seriamente prejudicado – ou até mesmo irrecuperável. Portanto, ser transparente é sempre a melhor política.

Exceda expectativas

Por último, mas não menos importante, é preciso entender que, sempre que uma pessoa compra um produto ou contrata um serviço, ela tem uma expectativa em relação a ele.

Nessa situação, o papel da empresa não deve ser atingi-la, mas excedê-la. Desta maneira, o negócio terá uma boa reputação, e, por conexão, uma boa relação com o público.