Por que é importante que crianças tenham aulas particulares?

A fase de crescimento é também a fase de aprendizado. É no período da infância que estamos mais aptos a receber informações, entender padrões e desenvolver habilidades, por isso são adotados as aulas particulares.

Não apenas isso, mas se o cérebro não for bem exercitado na infância haverão muitas consequências negativas na fase adulta, como dificuldade de raciocínio e pensamento lógico.

Por isso, não é recomendado que se deixe a educação do seu filho apenas nas mãos da escola. É preciso que ele se aprofunde mais nos assuntos, que desenvolva outras áreas do cérebro e seja uma pessoa completa.

Para chegar a esse objetivo, a criança deve ter aulas de reforço, deve desenvolver habilidades musicais, praticar exercícios físicos e outras atividades educativas. Confira algumas dicas abaixo.

Reforço escolar em aulas particulares é essencial?

Muitas pessoas pensam que aulas de reforço são necessárias apenas quando a criança enfrenta dificuldades em determinada matéria. De fato, se o seu filho recebeu notas baixas em matematica faz muito sentido que um professor especializado na área lhe ofereça ajuda.

O tratamento individual e a total dedicação do professor particular fazem toda a diferença, permitindo que seu filho treine mais e supere as dificuldades.

Mas, neste artigo, fala-se da necessidade de revisar aquilo que se aprendeu no dia, treinar mais em todas as matérias, conferir um pouco da próxima matéria antes que se assistam as aulas e muito mais.

Existem muito serviços de Reforço escolar online de qualidade. Essa opção é prática, permitindo que seu filho possa estudar em seu próprio quarto.

Existem muitos professores especializados em fixar melhor o que se aprendeu e mostrar a raiz dos conteúdos, para que o aprendizado não seja superficial.

O ideal é que todas as matérias sejam abordadas, com o fim de obter um resultado holístico. Existe uma programação diferente para cada idade, desde a infância até a adolescência, garantindo que seu filho não ficará sobrecarregado.

Vale pontuar que estudar é um costume. Quando a criança tem o estudo em sua rotina desde muito cedo, mantém esse padrão em todas as fases de sua vida.

Isso gera mais responsabilidade e gosto por descobrir coisas novas. Muitas pessoas estudam apenas nas vésperas de provas ou logo antes dos vestibulares, pois nunca desenvolveram o costume de estudar todos os dias. Assim, acabam estabelecendo metas que não conseguem alcançar.

A música no aprendizado em aulas particulares

Pesquisadores alemães realizaram um estudo cuja conclusão apontou o cérebro de quem analisa notas musicais como sendo 25% maior do que o cérebro de quem não o faz. Isso é apenas um dos muitos indícios de que a música é fundamental para o ensino e desenvolvimento.

Certamente, seu filho terá interesse no assunto. Afinal, não é preciso que faça Aula de flauta transversalpode-se optar por algo mais moderno e que conserve mais com o mundo dos jovens, muitas vezes instrumentos que eles veem na televisão, nos filmes, nos locais que frequentam e muito mais.

Entretanto, faça sempre questão que se aprenda a teoria musical. Alguns exemplos de instrumentos que certamente vão instigar seu filho em aulas particulares, são:

  • Bateria;
  • Guitarra;
  • Piano;
  • Teclado;
  • Baixo;
  • Violão.

Além de potencializar a capacidade de concentração, o raciocínio lógico e tantos outros aspectos, frequentar uma escola de música auxilia seu filho a desenvolver as suas habilidades sociais.

Fazer parte de uma orquestra, de uma banda ou de qualquer grupo musical ajuda a fortalecer a ideia de coletivo e desenvolver laços.

Quanto à segurança, não há motivos para se preocupar. Essas instituições geralmente contam com crachás de identificação e controlam a entrada de pessoas, assim como a saída.

Faça uma pesquisa de mercado e opte pelo modelo cracha que mais te deixe confortável ao deixar seu filho naquele local por algumas horas todos os dias.

Da mesma forma, sempre se lembre de deixar uma lista com o nome das pessoas que podem ir buscar seu filho ocasionalmente, para que qualquer pessoa cujo nome não esteja na lista seja barrada.

Uma dica para evitar qualquer transtorno, considerando que as crianças têm o costume de perder seus pertences, é utilizar um Cordão de Silicone para Crachá.

Assim, é impossível que a criança esqueça o objeto em algum lugar ou deixe cair no chão sem perceber, pois estará sempre junto ao corpo.

O silicone é flexível e transparente, um material que não irá gerar incômodos ao seu filho, não irrita a pele e tem uma superfície completamente lisa.