Tendências para empreender e características

empreender

Escola de ensino infantil, cursos profissionalizantes foram sempre bons negócios, principalmente, para pessoas que gostam da área e se dedicam cada dia mais.

Assim como esses negócios já possuíram um boom enorme dentro do mercado, as tendências tem sido atrelar tais negócios com a tecnologia e criando novos produtos e novas áreas de atuação.

Assim, estúdios de música estão sendo procurados para que ocorra a gerência de carreiras no mundo da música, e pessoas estão buscando em cursos online especializações, e também, vendendo seu conhecimento para gerar uma renda extra e necessária.

Todos anos aparecem tendências e desaparecem tendências, entretanto, existem algumas que permanecem e que se consolidam dentro do mercado, principalmente, por gerar identificação dos clientes com a marca e com os produtos.

É de fundamental importância que qualquer que seja o empreendimento é preciso a elaboração detalhada de um planejamento de negócios.

Esse planejamento que te ajudará a nortear os caminhos que o empreendimento tomará. Neste artigo abordaremos algumas tendências de empreendimento que vem surgindo e se consolidando ao longo do mercado.

Essas tendências variam desde produtos novos e mais elaborados, até serviços que estão suportados por aplicativos informatizados, como no caso do motorista particular e de segurança.

Tendências para empreender

Empreender é um grande desafio e que envolvem muitos processos e considerações, afinal, antes que o negócio engrene e gere lucro este passa por um processo de amadurecimento e muitas vezes de gasto de dinheiro.

E ainda mais com o cenário externo e interno dos mercados, empreender se torna uma tarefa hercúlea.

Apesar disso, existem muitas tendências de negócios que quando bem gerenciados possuem potenciais gigantescos, como a segurança privada que aumenta seus números sempre devido a procura por segurança nos estabelecimentos, condomínios e outros lugares.

Apesar das projeções de 2020 serem tímidas para o Brasil, novas atividades estão surgindo tornando a esperança de 2021 melhor.

Abaixo falaremos sobre algumas opções de negócios que podem fazer com que haja ganho de dinheiro na crise, devido ao seu alto potencial de crescimento.

1. Alimentação plant-based

Pessoas com dieta vegetariana ou vegana estão em crescimento no Brasil. Segundo o Ibope, em matéria divulgada em 2018 cerca de 30 milhões de brasileiros já se declaram vegetarianos, o que corresponde a 14% da população.

A pesquisa também demonstrou que 55% estão dispostos a consumir produtos sem ingredientes de origem animal, ou seja, vegano.

Nisto, surgem os produtos chamados plant-based, traduzido como baseado em plantas, que colocam alimentos 100% vegetais no cotidiano.

Assim, surgem hambúrgueres veganos, produtos diferenciados, entre outros. Além da alimentação, a procura por produtos como ecobag dobrável, cosméticos veganos vem crescendo e se tornando um mercado altamente lucrativo.

2. Infoprodutos

Os infoprodutos são, totalmente, digitais, ou seja, não há entrega física na casa do cliente, e no Brasil esse tipo de produto ainda engatinha, porém, pessoas já faturaram milhões com esses produtos.

Esse tipo de negócio pode parecer fácil, porém, exige muito em divulgação, estratégia, afinal é preciso desenvolver uma solução digital para as dores do cliente como:

  • Ebooks;
  • Cursos em vídeo-aulas;
  • Palestras;
  • Filmes e séries.

3. Mercado de pets

O mercado de pets é algo em constante crescimento, se tornando um mercado altamente promissor. O cuidado com pets de diferentes tipos fez com que o setor arrecadasse cerca de R$ 18,9 bilhões em 2019, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet).

É um ramo que vem em alta em muitos anos, e que está longe de desacelerar.

Outras tendências para empreender

Existem outras tendências que existem para o empreender de forma convicta de retorno de investimento. Algumas dessas áreas estão atreladas a tecnologia como:

1. Desenvolvimento de aplicativos

Os aplicativos ou apps é o que permite que as operações nos smartphones seja possível. Segundo a Pew Research, a indústria dos aplicativos tem estimativa de movimentar cerca de US$ 6,3 trilhões até 2021.

Os apps que estão em alta são para os smartwatches e apps que integram os dispositivos IoT e chatbots.

2. Realidade virtual

A Realidade Virtual (RV) vem chamando a atenção por tornar alguns processos mais precisos, podendo ser usado da medicina à construção civil, entretanto ainda é mais aplicado no entretenimento.

No entanto, é um mercado promissor no setor de tecnologia. Este artigo abordou que as tendências são variadas e que a tecnologia é uma das grandes aliadas para quem quer empreender ou procura um setor para empreender.