7 motivos para incluir a Nuvem na sua empresa

Ao passar dos anos, a tecnologia vem se reinventando cada vez mais. Antes da computação em nuvem, as pessoas executavam aplicativos ou programas a partir da programação baixada em um PC ou servidor físico em seu prédio. 

Naquela época, muitas empresas estavam lutando para criar seus próprios data centers e as que os possuíam, geralmente, colocam um número significativo de profissionais e recursos de TI. 

 

No entanto, com a crescente complexidade dos data centers e o número de profissionais de TI necessários para gerenciá-los, a manutenção da produtividade certamente se tornou um novo desafio.

 

Alternativas práticas surgiram para facilitar a administração das empresas e seus negócios devido ao rápido desenvolvimento da tecnologia.

 

Por esse motivo, as empresas começaram a planejar seus negócios com a integração do Cloud Computing

 

No entanto, a computação em nuvem não é apenas uma solução moderna e inovadora, mas também um modelo de negócios relativamente novo, aplicável a qualquer tipo de empresa.

 

Atualmente, ainda existem muitas pessoas que pensam que o Cloud Computing é usado apenas como backup do sistema em execução, mas, na verdade, tem mais funções para as empresas. 

 

Aqui estão 7 grandes motivos para a implementação da computação em nuvem para empresas.

1. Controle de documento

Quanto mais representantes e parceiros trabalharem juntos em documentos, maior será a necessidade de um controle mais rápido dos documentos. 

 

Antes da Cloud Computing, os funcionários tinham que enviar e receber arquivos como anexos de email, para serem trabalhados por um cliente de cada vez. 

 

Em algum momento, você acaba com uma confusão de conteúdo, formatos e títulos de arquivos em colisão. Aprenda como criar um email profissional.

2. Flexibilidade

Nos últimos anos, muitas empresas estão percebendo como a computação em nuvem é tão importante para ser aplicada ao ambiente de trabalho atual. 

 

Mesmo em uma pesquisa recente realizada pela KPMG para 500 executivos, verificou-se que 42% deles pensam que o trabalho flexível é o principal fator para o uso da computação em nuvem. 

 

Oferece maior flexibilidade aos seus funcionários em suas práticas de trabalho. Se você precisar acessar seus documentos e dados enquanto estiver fora ou em casa, poderá interagir com seu escritório virtual, de maneira rápida e sem esforço, sempre que precisar.

3. Redução de custos e investimento

Talvez um dos benefícios mais notáveis ​​da computação em nuvem seja certamente uma economia considerável nos custos de TI da empresa. Você não precisa gastar na compra de inventário, como infraestrutura e disco rígido. 

 

Você pagará apenas um baixo custo pela compensação regular por mês ou uma vez pago, de acordo com o pacote de serviços acordado com o provedor de serviços de Cloud Computing

 

Assim, as taxas de royalties das licenças de software automatizadas são reduzidas, uma vez que todas são executadas com a computação baseada em nuvem.

4. Recuperação de desastre

Independentemente do tamanho, todas as empresas devem investir em recuperação duradoura de desastres, mas para empresas menores que não possuem o orçamento e as habilidades necessárias, isso geralmente é mais um ideal do que a realidade. 

 

Atualmente, a nuvem está ajudando mais empresas a evitar esse padrão. 

 

De acordo com um estudo, as pequenas empresas têm duas vezes mais chances de ter implementado soluções de backup e recuperação baseadas na nuvem que economizam tempo.

 

Assim, evitam grandes investimentos iniciais e acumulam conhecimentos de terceiros como parte do acordo.

5. Eficiência de colaboração

O modelo de computação em nuvem possibilita que sua empresa se comunique e compartilhe mais facilmente fora dos métodos tradicionais. 

 

Permite uma melhor colaboração entre os funcionários, possibilitando que vários usuários compartilhem e trabalhem com dados e arquivos ao mesmo tempo. 

 

O Cloud simplifica para os especialistas em projeto e construção da empresa, que investem grande parte do tempo em locais de trabalho no exterior ou em várias áreas, para obter informações, documentos e registros relacionados ao trabalho de maneira rápida e segura.

6. Escalabilidade

Outro grande benefício da computação em nuvem é sua escalabilidade. Os serviços baseados em nuvem são ideais para organizações com demandas crescentes ou flutuantes de largura de banda. 

 

Sua empresa pode aumentar ou diminuir a operação, e as necessidades de armazenamento de recursos da sua empresa podem precisar de um ajuste rápido para se adequar a essas variações, permitindo flexibilidade, conforme as necessidades mudam. 

 

Se as necessidades aumentarem, é fácil aumentar a capacidade da nuvem, utilizando os servidores remotos do serviço. Da mesma forma, se você precisar reduzir novamente o tamanho, a flexibilidade será incorporada ao serviço. 

 

A melhor maneira de expandir seus negócios é usar o Cloud ERP. É um sistema mais fácil e completo.

7. Competitividade

A concorrência industrial cada vez mais forte obrigou as empresas a serem mais práticas e mais rápidas ao responder a mudanças no mercado. 

 

A solução de computação em nuvem flexível e personalizável pode fornecer muitas vantagens úteis para ajudar as empresas a serem mais ágeis na administração de seus negócios.

 

A escolha do provedor de serviços de Cloud Computing adequado à empresa comercial não se baseia apenas em fatores de localização, na escolha de um nome na lista de provedores ou na comparação de várias especificações de parâmetros no folheto. 

 

A implementação bem-sucedida desse serviço dependerá de como o provedor fornece o serviço certo para as necessidades da empresa, com risco mínimo, mas sem sacrificar sua implementação.

 

As Pequenas e Médias Empresas (PMEs) que sempre foram a espinha dorsal da economia, ainda carecem de investimento em TI. 

 

No Brasil está sendo aberto possibilidades para as PME começarem a investir em TI, especialmente em mobilidade para aumentar a eficiência, competitividade e diferenciação.

 

Bem como através das mídias sociais, uma vez que agora é o mecanismo de maior crescimento para o setor de TI.