Maneiras de aprender primeiros socorros

emergências

Você sabia que os primeiros socorros são extremamente úteis para muitas emergências? Qualquer pessoa que tenha feito um bom Curso de Primeiros Socorros pode salvar uma pessoa, pois esperar por um socorrista profissional pode significar a perda da vítima ou agravar a situação para a vítima.

Com isso, todas as pessoas devem estar preparadas para realizar ações básicas de primeiros socorros. Essas ações serão decisivas para salvar a vítima ou minimizar seu desconforto.

Os primeiros socorros são um procedimento emergencial, no qual essas ações devem ser aplicadas às vítimas de acidentes, doenças repentinas ou pessoas em perigo de vida, de forma a mantê-las vivas e com seus sinais vitais. 

Este procedimento será uma ação individual ou coletiva, que deverá estar dentro dos devidos limites e deverá ser realizado até que a assistência prestada seja disponibilizada para uma assistência mais completa e definitiva para o resgate da vítima.

Todo o atendimento deve ser realizado sempre que a vítima não puder se sustentar, recebendo assim os primeiros atendimentos da pessoa próxima, que deve ser treinada e chamar imediatamente a assistência especializada.

Definimos o profissional de Pronto Socorro como Primeiros Socorros, terá treinamento e equipamentos especiais, além de paramédicos, e quem faz o Curso de Primeiros Socorros é denominado Auxiliar de Emergência.

Sempre antes dos primeiros socorros, é fundamental que o socorrista tenha em mente as seguintes necessidades:

  • Manter a calma sempre;
  • Remova todos os curiosos.

Telefones em caso de emergência

  • Samu: 192
  • Corpo de Bombeiros: 193
  • Disque-intoxicação (Anvisa): 0800-722-6001
  • Defesa Civil: 199
  • Polícia Militar: 190

É importante sempre observar que algumas pessoas não são adequadamente treinadas para fornecer primeiros socorros e que é ideal que outra pessoa tome as medidas adequadas para ajudar de outras maneiras, como por exemplo, buscando socorro.

É importante aplicar primeiros socorros?

É muito importante fornecer assistência de emergência. O conhecimento básico muitas vezes reduz a dor e o sofrimento das vítimas, evitando complicações futuras. 

Entretanto, você deve entender que em situações de emergência, o primeiro lugar é ficar calado, você deve verificar se a prestação de assistência não envolve nenhum risco. 

Todo socorrista deve saber prestar a assistência necessária sem agravar ainda mais a saúde da vítima, e nunca se esquecer que a prestação de primeiros socorros nunca descarta a importância de um médico ou paramédico.

Tipos de acidentes

Veja a seguir alguns exemplos que vão exigir os primeiros socorros:

  • Choque elétrico;
  • Infarto;
  • Parada cardiorrespiratória;
  • Envenenamento;
  • Picada de cobra;
  • Asfixia;
  • Queimaduras;
  • Sangramentos;
  • Transporte de vítimas;
  • Fraturas, luxações, contusões e entorses;
  • Acidentes de trânsito.

O que se deve fazer?

Diversos acidentes poderiam ser evitados, mas quando ocorrem costumam ser acompanhados por algum outro fator como nervosismo, cenas de angústia, pânico, etc.

Sempre que possível, os socorristas devem sempre solicitar e aceitar a cooperação de outros indivíduos preparados, com a pessoa mais bem informada e experiente conduzindo o resgate da vítima e dando-lhes espaço para demonstrar seu conhecimento da situação, o socorrista deve estar calmo e determinado a trabalhar no que precisa ser feito de maneira rápida, correta e precisa.

Atitudes corretas

  • Tranquilidade, bom senso e empatia ao cuidar da vítima;
  • Agir rápido, mas sempre respeitando os limites próprios e alheios;
  • Transmissão à vítima: calma, alívio, confiança e segurança;
  • Utilizar os conhecimentos básicos necessários de primeiros socorros;
  • O socorrista deve improvisar se necessário;
  • Nunca execute uma ação da qual não tenha os conhecimentos necessários;
  • Se você não tem as habilidades, faça o possível para ajudar.

Omissão de socorro

Você sabia que não ajudar é considerado crime no Brasil?

De acordo com o decreto-lei de 7 de dezembro de 1940, n. 2.848, a omissão de atendimento à pessoa em risco pode resultar em prisão ou multa.

Veja o art. 135 que trata da questão da falta de ajuda:

Art. 135. Assistência omitida, quando possível sem risco pessoal, a um menor abandonado ou perdido, ou a uma pessoa inválida ou ferida, a pessoas indefesas ou em perigo grave e iminente; o não solicitar o auxílio do poder público nestes casos:

Pena de prisão, de um a seis meses, ou multa.

Parágrafo único A pena é aumentada pela metade se a omissão resultar em lesão grave e triplicada se causar morte.

Quem pode fazer o curso de primeiros socorros?

Os Cursos Online Com Certificado de primeiros socorros destinam-se a todos os interessados ​​em cuidar de uma vítima de acidente.

As vantagens de um curso

Fazer um curso pode fazer a diferença para quem deseja entrar na área da saúde. O curso preparatório oferecerá novos desafios e, assim, contribuirá para o crescimento individual.

Um curso auxilia no seu desenvolvimento profissional dentro de uma empresa ou na abertura de novos campos. Portanto, ter um bom curso de primeiros socorros em seu currículo pode ser fundamental para sua carreira.

Nunca é demais aprender mais e mais sobre as técnicas de primeiros socorros, porque você nunca sabe quando vai precisar delas. Mesmo que não tenhamos coragem ou habilidade para usá-lo, nunca devemos parar de aprender. 

Porque muitas vezes o espírito de querer salvar alguém fala mais alto, e para agir é conveniente estarmos atentos às técnicas que nos permitem ajudar de forma rápida, precisa e muito eficaz, ajudando assim as pessoas que precisam do auxílio de terceiros.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.